Notícias

18 nov

Intolerância à lactose pode ser a a causa de mau hálito.

Uniero_-_Blog_-_Intolerância_à_lactose_pode_ser_a_causa_do_mau_hálito

Uma coisa que poucos sabem é que a intolerância a lactose pode causar mau hálito. As pessoas que possuem essa doença perdem a capacidade de digerir a lactose, devido a uma baixa quantidade da enzima lactase para a digestão.

Normalmente, as partículas de lactose devem ser quebradas em moléculas de glicose, menores e prontas para entrar na corrente sanguínea e serem utilizadas como fonte de energia. Nos casos de intolerância, isso não acontece, elas permanecem inteiras dentro do intestino e servem de fonte de nutrientes e energia para bactérias, liberando gases mau cheirosos, ricos em enxofre, fazendo a pessoa sentir dores, cólicas, desconfortos intestinais e até diarréias.

Parte desses gases produzidos, podem ser reabsorvidos e levados à corrente sanguínea para serem eliminados, via pulmonar, juntamente com o ar expirado (pela boca e narinas) causando uma halitose de odor fecal.

A diarréia também é outro fator que aumenta o mau hálito, pois devido a desidratação causada no organismo, o fluxo salivar diminuir, aumentando os organismos orais, que consequentemente, também aumentam a saburra lingual.

Se a halitose for devido à essa intolerância, a eliminação do consumo de lactose auxiliará na melhora do hálito. Sendo assim, quando for detectada, a halitose pelo dentista, ou a intolerância pelo seu médico, é de extrema importância que o outro especialista seja comunicado, para solicitar exames mais específicos e juntos iniciarem o tratamento adequado.

A Uniero Radiologia é uma clínica de diagnóstico odontológico por imagem especializada em exames de alta qualidade de imagem, com resultados precisos para um perfeito diagnóstico. Para mais informações, entre em contato com a Uniero.

RECEBA NOVIDADES NO EMAIL

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Selecione uma cidade