Notícias

07 jul

Três causas do mau hálito que são mais comuns do que você imagina

Uniero - Blog - Mal Hálito
 
O mau hálito é um problema que afeta cerca de 40% da população brasileira. Por vergonha ou falta de conhecimento, muitas pessoas não buscam tratamento e acabam convivendo com a situação por anos.
 
Além do desconforto e dos problemas de convívio social que o mau hálito pode causar, este pode ser um alerta para problemas bucais mais graves, como a gengivite, as cáries e inflamações.
 
Embora o mau hálito esteja fortemente relacionado às condições inadequadas de higienização da boca, diversos outros fatores podem causar o problema. Entenda:
 
1. Jejum
 
Ficar longos períodos sem comer pode favorecer o surgimento do mau hálito. Isto ocorre devido à produção acelerada de suco gástrico no estômago, que pode interferir no hálito. Além disto, mastigar os alimentos, principalmente os mais fibrosos, ajuda a eliminar a saburra que fica acumulada na língua.
 
2. Mastigação
 
Por falar em mastigação, este é um fator que pode influenciar o surgimento da halitose. Quando mastigamos pouco, estamos deixando de causar o atrito dos alimentos com a língua. Este atrito tem a função de eliminar a saburra, que é caracterizada pelo acumulo de bactérias na boca.
 
3. Estresse
 
O estresse diminui a salivação, aumentando a ploriferação de bactérias na boca. Além disto, os problemas emocionais podem prejudicar a alimentação e a forma como a pessoa mastiga os alimentos.
 
O dentista é o profissional adequado para identificar as causas do mau hálito e indicar o melhor tratamento. Visite um dentista regularmente.
 

RECEBA NOVIDADES NO EMAIL

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Selecione uma cidade